Quais mudanças devemos fazer para que a vida aconteça?

Muito se fala hoje em mudança de hábito, algo que inclusive é tema de alguns livros, mas o que de fato precisamos mudar e como fazer isso? Existe uma dificuldade na maioria das pessoas em começar, muita das vezes não tem nada a ver com suas habilidades e competências, esta ligado ao medo de se arriscar e de fracassar.

As vezes estamos em empregos que não gostamos, porém preferimos essa zona de conforto ruim do que tentar algo novo e não dar certo. E se der certo? Comece a mudar seu pensamento toda vez que pensar o NÃO. O não você já tem, corra atrás do sim.

Vou dar exemplos de pequenas mudanças que fiz na minha vida que acabaram mudando hábitos, atitudes, perfil entre outras que me tornaram mais produtiva.

·        Internet – use-a seu favor, não desperdice muito tempo em redes sociais vendo a vida dos outros, desinstale do seu celular, além de polpar bateria vai te ajudar a utilizar seu tempo melhor. Às vezes você entra no facebook e pensa que vai ser rápido e lá se vão duas horas e nem percebeu. Muito tempo desperdiçado, agora se quer ficar no facebook, então vai no feed de páginas, mas também vai depender quais páginas você segue ne ? Se for negócios, forbes, jornais, empreendedores… ai tudo bem! E LEIA os posts, não faça como a maioria das pessoas que quando perguntam sobre um assunto para elas, há eu OUVI dizer. Mentira, muita das vezes leu apenas o título da notícia.

Tem uma frase que gosto muito do Charles Jones que diz: “Daqui a cinco anos você estará bem próximo de ser a mesma pessoa que é hoje, exceto por duas coisas: os livros que ler e as pessoas de quem se aproximar”

Celular, tablet, computadores etc. O que tem em seus aparelhos eletrônicos que tornam você mais produtivo? Então, foi essa pergunta que me fiz há um tempo atrás. Desintalei todos os jogos, subtitui redes sociais, mudei hábitos de acesso, desativei notificações de tudo para não desviar minha atenção quando estiver fazendo algo e limitei o tempo que fico em cada aplicativo. Parece pouco ou bobagem, mas isso me trouxe mais conhecimento e produtividade.

·        Use mais Linkedin, leia os artigos.

·        Utilize o Duolingo, aprenda brincando um idioma

·        Leia e-mails e notícias importantes da sua aérea ou que fale de negócios e administração.

·        Baixe livros e leia no Ebook Reader

·        12 min é incrível, um dos melhores aplicativos para audiobook. Não tem tempo de ler livros e de escutar? Reserve 12 minutos do dia para ouvir e depois ouça de novo no transito, academia, mas ouça, vale muito a pena.

·        Netflix – assista filmes, dois ou três por semana ligados a motivação, superação, negócios, estratégias, biografias, documentários tem muita coisa para ver.

·        Tenha um aplicativo para anotações, salve links, livros, musicas, algo que viu e que quer ver depois com mais calma.  Utilizo o NOTES.

E pra mim e o um dos mais importante de todos; faça amizades, conheça pessoas, invista em seu networking. Tem um livro chamado “NÃO ALMOCE SOZINHO” o autor fala que é um desperdício de tempo almoçar só, ele fala em criar laços e vínculos. Ajude a melhorar a vida das pessoas, faça elas acreditaram que podem contar com você em qualquer situação. Amplie sua rede.

Enfim, foi com algumas dessas mudanças que me tornaram mais profissional e diretora de uma empresa. Reinvente-se!

FONTE: https://www.linkedin.com/pulse/quais-mudan%C3%A7as-devemos-fazer-para-que-vida-aconte%C3%A7a-luciana-barbosa/ 

Gostou? Compartilhe aqui:
  • Twitter
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Yahoo! Buzz
  • Google Buzz
  • Add to favorites
  • Print
  • email
  • RSS

Sobre Luciana Souza

Concluiu Especialização em Gestão de Projetos pela Universidade Católica de Brasília UCB/DF. Possui graduação em Turismo pela Universidade Federal do Pará (2012) e formação técnica em Planejamento e Organização de eventos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (2008). Atualmente trabalha como consultora e assessora de viagens, eventos e visto americano. Tem experiência na área de Turismo, com ênfase em agência de viagens, consultoria de visto americano, organizadora de eventos e já lecionou aulas de etiqueta empresarial, telemarketing, marketing pessoal, relacionamento, comunicação, recepção de eventos, relações interpessoais, ética e atendimento ao publico.
Esta entrada foi publicada em NOTICIA DE TURISMO. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *